Como congelar comida sem usar plástico

Restinhos de legumes que congelo para fazer caldo

Outro dia fiz um post nos stories do Instagram que gerou o maior bafafá sobre como congelar comida sem usar plástico. Sempre que posto sobre, recebo perguntas sobre se é seguro usar vidro, como faço para os potes não quebrarem, se eles são potes especiais, etc.

Congelar comida é ótimo porque facilita muito o dia a dia, logo, evita o desperdício de comida. Eu adoro fazer uma panela enorme de feijão e congelar em potinhos pra ir comendo ao longo das semanas. Faço isso com grãos, congelo restos de vegetais para fazer caldo de legumes, frutas maduras demais e congelaria muito mais coisa se coubesse mais no meu congelador. 🙂

Faço tudo isso usando um total de zero plásticos usando apenas potes de vidro. Não são potes especiais, inclusive são potes reutilizados de molho de tomate, palmito, azeitona e óleo de coco. E tenho certeza que vai dar certo aí na sua casa também se você seguir essas dicas. Faço isso porque quero passar longe do plástico, não quero comprar potes de plástico para isso e porque o plástico muitas vezes libera BPA quando congelado.

Não encha até a boca os potes

Essa é a regra principal para que os potinhos não quebrem. Talvez você não lembre da escola, mas a água expande de volume quando está congelando. Por isso garrafa de cerveja estoura se congela, por exemplo. E é por isso que você precisa deixar um espaço razoável para o líquido da comida que você está congelando expandir sem forçar o potinho. Deixe um a dois dedos na altura livre. O plástico consegue trabalhar sem quebrar, mas o vidro acaba trincando porque a força de dentro do líquido é maior e ele mais rígido também. Pense nisso especialmente na hora de congelar leite vegetal, sopas, caldos, feijão, lentilha, molhos, etc.

Não encha demais seu próprio congelador

Os potes de vidro podem cair se você encher como se não houvesse amanhã e causar um big acidente. Se você tiver uma geladeira simples que não é frostfree como eu, descongele com frequência pra não criar uma camada muito grande de gelo embaixo. Isso ajuda a não deixar os potinhos instáveis e propensos a caírem na hora que você abre a portinha.

O que congelar em potes de vidro

  • Frutas maduras: ideal para fazer smoothies, sucos ou sorvete de banana.
  • Feijão: porque evita o trabalho de fazer sempre, e assim você tem sempre fresquinho. Congelo tudo temperado, fica tudo ótimo sim senhores.
  • Grão-de-bico: amo ter sempre cozido pra usar em refogados ou bater e fazer a pastinha que chama hommus pra passar no pão.
  • Tempero verde cortado: salsinha e cebolinha cortadas e congeladas ficam como fresquinhas para usar na comida. O segredo é guardar os temperos o máximo de seco possível, assim não vira uma bolota no potinho depois de congelado.
  • Polpa de coco seco: quando abro coco para fazer leite vegetal e sei que não vou conseguir comer, não dou chance de ficar na geladeira e esquecer e estragar. Coloco a polpa dentro de um potinho de vidro e congelo. Fica perfeita pra usar depois como se fosse nova.
  • Molho de tomate: comecei recentemente a fazer uma panela gigante de molho e guardar congelado na geladeira, para aproveitar o trabalho de fazer ele (dá o mesmo se for mais quantidade) e agiliza na hora dos preparos.
  • Pão: corte em fatias e guarde em um potinho maior. Na hora de comer, você esquenta na frigideira ou na chapa e ele parece novinho, é uma delícia. Eu uso saquinhos de pano também pra guardar o pão no freezer, dá tudo certo.
  • Restos de vegetais para fazer caldo: vou guardando em potinhos talos, cascas e outros pedaços de vegetais que servem pra fazer um caldo de legumes super saboroso.
  • Restos de vegetais que vão pra composteira: costumo guardar no congelador os restos de comida que vão pra composteira porque assim eles não estragam, não dão cheiro nem atraem bichinhos na pia da cozinha. Na hora de colocar na composteira eu espero só preciso descongelar um pouco.

Como descongelar a comida

Muitas coisas eu tiro antes do congelador porque vou usar mais tarde ou no outro dia, então colocar na geladeira é suficiente pra descongelar com segurança e tempo. Para os momentos de pressa, principalmente para comidas que quero comer na hora, eu descongelo em banho-maria. Coloco o pote de vidro tampado e tudo em uma panela que pegue água em uma certa altura do potinho. Hoje uso uma leiteira. Coloco no fogo com a água fria pra não ter choque térmico e não muito alto e deixo lá fervendo por uns 30min (sem deixar secar a água). Retiro o potinho com cuidado porque ele está bem quente e com um pano para proteger, tiro a tampa. Normalmente a comida tá quentinha ali dentro!

Eu faço isso porque não tenho micro-ondas. Se você tiver, é só tirar a tampa de metal e colocar alguns minutos ali dentro. Retirar o pote com muito cuidado e proteção e voilá! 🙂

Prontinho! O que você vai congelar sem precisar de saquinhos e outros plastiquinhos a partir de agora? 🙂

Autor: Cristal Muniz

Cristal Muniz decidiu em 2015 que iria parar de produzir lixo e por isso criou o blog Um Ano Sem Lixo. Ao longo desses anos já deu várias palestras em escolas, universidades e eventos contando quais são os principais desafios e o que mudou na sua vida para alcançar o objetivo do lixo zero. Um ano virou uma vida e em julho de 2018 publicou o livro Uma vida sem lixo (Editora Alaúde), o primeiro livro sobre como ter uma vida lixo zero do Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Cris, tenho mais duas dicas boas:
    – dar preferência sempre ao vidro temperado que é muito mais seguro. Mas, se for usar os comuns, o ideal é só tampar os potes depois de congelar, também por conta da expansão que ocorre quando congela.
    – colocar os potes mais ao fundo possível porque eles quebram com facilidade com uma mudança brusca de temperatura. se o dia tá muito quente e a gente abre o congelador de uma vez só, mais chances de quebrar.
    Beijo!

  • Oi Cristal, sei que você é adepta da AN pra cã Filó. Você congela a carne dela também? Como você faz pra comprar a carne, porcionar as coisas e sempre ter comida pra ela? Como é a rotina?

    • Oi. Eu não dou AN pra Filózinha, porque não tenho condições de fazer isso (congelador pequeno, muitas viagens, outros pets etc). Justamente por não conseguir organizar isso tudo ainda que não dou.

  • Olaaa
    Sempre tive dúvida de como reduzir o lixo com relação a um hábito que minha família tem: congelar alimentos estragados/vencidos que possam vazar no saco de lixo ou cachorros mexerem (por morar em casa). Minha mãe sempre coloca tudo que estraga ou um resto de alguma coisa em sacola plástica e cascas de frutas tbm (pois não temos composteira) e congela pra depois jogar fora. Como poderia fazer com que ela reduzisse isso? Pq é difícil convencer mães e avós em reduzir lixo de algo que pra elas funciona e muito haha

    Amo suas dicas, beijo grande

    • Acho que a melhor coisa seria ter uma composteira! Eu congelo os restinhos de alimentos até ter uma quantidade suficiente pra colocar na composteira. Não atrai bichos e ainda gera adubo! Quem sabe mostra vídeo sobre isso pra elas, mostrando como é legal e rende adubo pras plantinhas.

    • Eu bato isso tudo no liquidificador com água – quanto mais, melhor, pra diluir bem – e jogo no solo. E nem precisa ser grande solo, qualquer quadradinho já serve. Exemplo: cascas de abacate, banana, cebola, tomate, ovos, enfim, qualquer material orgânico. Foi minha salvação pois não curto compostagem e assim já levo dois anos sem lixo orgânico.

  • Puxa, quebrei mais de cinco potes aqui em casa desde que comecei, só agora há pouco foram 3, pote de mel (tipo maionese), pote super rígido, feito de reaproveitamento não aguentou, a tampa era de cortiça (porque eu não uso plástico em contato com alimentos e as tampas de metal são rosqueadas com plástico), acho que pode ter contribuído para ele rachar todo, quebrei os de tampa de vidro e fecho de metal também. Notei que em uma leva quebrei uns três e outros ficaram intactos, não entendo :'( tô bem triste, porque esses potes com tampa de vidro por exemplo foram um investimento (comprei usados porque dou AN pra minha cachorrinha e necessito muito, mas quase não duraram na minha mão). Realmente é uma mudança super necessária, mas difícil, repleta de experimentos. Vou tentar encher bem menos da próxima vez, só as tampas dos potes reaproveitados que não sei o que fazer porque uso as cortiças… as de vidro cujos potes quebraram não quebraram junto, posso reaproveitar, vou seguir a dica dos comentários e só tampar depois de congelado! Obrigada pelas dicas.

    • Tampa de cortiça não é recomendada por ser porosa, então vão veda bem os alimentos e eles estragam super rápido, viu.

  • Oi Cristal!
    chegando no seu site agora e estou adorando! já fiz meu disquinho de crochê para retirar maquiagem! amei essa dica, nunca tinha pensado nessa possibilidade!

    Tenho uma duvida..eu congelo pedaços de pizza ou esfihas, usando papel filme, aqueles plásticos bem fininhos. Isso me incomoda muito, mas nao tenho ideia de como congelar pedaços de pizzas sem eles. Alguma sugestão? muito obrigada!

  • Muito obrigada pelas super megas dicas , adorei tudo aqui tudo maravilhoso e tudo lindo 😍👏❤️ não sei se vou fazer tudo q vc encinou pois tenho vida louca mas amei , parabéns um grande abraço no seu coração por seu amor e dedicação em passar p nós bjs,

  • Conheci o blog há algumas semanas, e estou adorando acompanhar as dicas por aqui.
    Você teria alguma dica para congelar poupa de frutas em porções? Eu costumava usar aqueles saquinhos de chuchup pra guardar a poupa certinha pra uma porção, mas não queria mais gerar esse lixo.

  • Oi, Cristal! AMO suas dicas e estou seguindo muitas delas – uso saquinhos de sapatos nas compras a granel, não pego mais saquinhos no supermercado, reaproveito potes de vidro… Dá um pouco mais de trabalho, mas me sinto muito bem por estar contribuindo para a saúde do planeta. Obrigada!