primeiro passo: onde descartar suas coisas

Decidir parar de produzir lixo começa com um primeiro problema: o que e onde jogar fora minhas coisas que não quero mais usar?

Para decidir o que, avalie o que você realmente usa e o que você não usa mais. Desapegue. Para o que você quer diminuir ou trocar por soluções mais naturais, como eu disse aqui, não vou simplesmente jogar tudo o que tenho fora, mas selecionei muitas coisas que não usava pra doar – entre roupas e cosméticos principalmente. Outras, como xampus e maquiagens, vou usar até acabar (sem desperdício!) e quando precisar comprar algo novo, vou atrás de soluções naturais ou marcas vegan.

Mas para decidir onde, você precisa saber se as coisas vão ser recicladas ou vão ter um reuso. Escova de dentes, plásticos, eletrônicos, baterias de celular e pilhas, por exemplo, podem ser reciclados se forem descartados em postos de coleta adequados. Roupas, sapatos, móveis, livros, revistas e cosméticos podem ser doados para pessoas que farão um novo uso dessas coisas.

Nesse primeiro mês que ainda tô limpando a casa (além da limpeza normal de fim de ano), tenho empilhado várias caixas de coisas em casa ainda sem saber pra onde levar tudo isso. Aí que eu descobri no site Ecycle uma ferramenta MUITO LEGAL. Você diz seu CEP, o que quer descartar e ele te indica postos de coleta (pra mim funcionou super bem, essa semana devo ligar pra alguns lugares).

Agora vai ficar mais fácil descartar muita coisa sabendo que elas vão para o lugar certo: reciclagem ou reuso.

Autor: Cristal Muniz

Cristal Muniz decidiu em 2015 que iria parar de produzir lixo e por isso criou o blog Um Ano Sem Lixo. Ao longo desses anos já deu várias palestras em escolas, universidades e eventos contando quais são os principais desafios e o que mudou na sua vida para alcançar o objetivo do lixo zero. Um ano virou uma vida e em julho de 2018 publicou o livro Uma vida sem lixo (Editora Alaúde), o primeiro livro sobre como ter uma vida lixo zero do Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *